Pré-lançamento
Moradas de Bragança

Características

Viver bem é questão de escolha!


Poucas unidades

Espaço gourmet

Churrasqueira

Playkids externo e coberto

Elevador

Wi-fi zone

Bicicletário

Horta

Faça uma Simulação




Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Áreas comuns

A Pride constrói pensando em você e na sua família

Conheça o decorado

Descubra como será o projeto dos seus sonhos!

Plantas

São 3 modelos de plantas para você escolher!

FAÇA UM TOUR VIRTUAL COMPLETO


Clique aqui

Fases da Obra

0%
Infraestrutura
0%
Fundação
0%
Estrutura
0%
Alvenaria
0%
Instalações
0%
Revestimentos
0%
Acabamentos

Confira algumas etapas da obra

CONHEÇA A REGIÃO

Aqui, praticidade e qualidade de vida se encontram para transformar sua rotina em um verdadeiro sonho.

Localizado no centro de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, o Moradas de Bragança une a tranquilidade típica de uma área residencial, mas com as possibilidades que só o centro oferece.

Além de estar há menos de 5 minutos do maior shopping da Cidade – Shopping São José – a região também oferece diversas outras facilidades para transformar a correria do dia a dia em produtividade e agilidade.

Confira tudo o que a localização do Moradas de Bragança oferece e se apaixone ainda mais por este empreendimento!

R. Mal. Deodoro da Fonseca, 745


Banco 24h a menos de 300m

Panificadoras a menos de 300m

Igrejas a menos de 200m

Escola a menos de 200m

Farmácias a menos de 400m

Shopping a menos de 400m

Faça uma Simulação




Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Dúvidas frequentes

  • Ele é a base do tipo de financiamento imobiliário mais popular do Brasil. Segundo dados da Abecip, em julho de 2020, financiamentos com recursos do SBPE atingiram R$ 9,27 bilhões. O SBPE abastece o Sistema Financeiro de Habitação (SFH), criado nos anos 1960 e uma das principais linhas de crédito imobiliário do país. O SFH tem condições como teto para prazos e taxas de juros, entre outras, determinadas pelo governo.

SBPE

O SBPE, como já falamos, é o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo. Ele é um dos pilares do sistema financeiro nacional. Sua finalidade definitiva é “promover o financiamento imobiliário em geral, por meio da captação e do direcionamento dos recursos de depósitos de poupança”.

Todos os bancos com carteira de crédito imobiliário, sociedades de crédito imobiliário e associações de poupança e empréstimo integram o SBPE e devem destinar, pelo menos, 65% dos recursos de cadernetas para financiamento imobiliário.

Você opta por um financiamento com base no SBPE ao financiar um imóvel pelo SFH, apresentado abaixo.

SFH

Sistema Financeiro de Habitação foi criado nos anos 1960 para facilitar a compra da casa própria no Brasil.

Sua lei determina o prazo máximo (35 anos) de financiamento e o máximo de Custo Efetivo Total que os bancos podem cobrar dos tomadores: até 12% ao ano. A ligação entre juros e SBPE, portanto, é essa.

Ao financiar um imóvel através do SFH (até 80% do valor total), é possível usar recursos do FGTS como entrada ou para amortizar o saldo devedor, desde que você cumpra os pré-requisitos.

As exigências para enquadrar-se em financiamento via SFH são várias, incluindo:

  • O preço do imóvel não pode ultrapassar R$ 1,5 milhão
  • Você não pode ser titular de nenhum outro financiamento pelo SFH
  • Você não pode ser proprietário de outro imóvel residencial urbano na mesma região metropolitana em que mora e/ou trabalha

SFI

Um financiamento imobiliário pelo Sistema Financeiro Imobiliário é possível quando a situação não se encaixa nas exigências do SFH ou quando as partes encontram termos mais vantajosos através de negociação livre.

Nessa linha de crédito, não há teto para os juros praticados pelos bancos, nem valor máximo do imóvel: bancos e clientes ficam livres para negociar as melhores condições de mercado. Em geral, também se financia 80% do valor do imóvel em até 35 anos.

CARTEIRA HIPOTECÁRIA

A Carteira Hipotecária é, na verdade, mais uma expressão do mercado para financiamentos parecidos com o SFI. A categoria – que surgiu nos anos 1930, durante o governo Vargas – já não existe formalmente em vários bancos. Nessa linha de crédito, não há limites pré-determinados para juros, prazos ou valores de imóvel: são as próprias instituições que os definem. Por isso, é parecida com o SFI.

Mas há uma diferença ao determinar a garantia: enquanto o primeiro opta pela alienação fiduciária (a propriedade do imóvel é do credor até que a dívida seja paga), a Carteira Hipotecária opta pela alienação hipotecária (o imóvel é hipotecado ao credor, mas sua propriedade segue com o tomador).

Conheça outros empreendimentos

Receba Novidades

Seja o primeiro a saber sobre os novos empreendimentos e promoções

Precisando de ajuda? Converse com a gente aqui: